Advocacia contenciosa ou consultiva: quais seus conceitos?

Você está buscando por uma consultoria jurídica, mas não tem orientação sobre qual profissional da área de direito pode ajudá-lo? Conheça quais os conceitos da advocacia contenciosa ou consultiva, e como elas podem ajudar a esclarecer suas dúvidas e procurar o melhor caminho para solucionar seu problema.

O meio jurídico possui uma linguagem desconhecida para maior parte da população, o que causa dúvidas ao procurar o profissional da área de direito ideal para tratar de um processo judicial, ou seja, advogado criminal, civil, entre outros, além dos serviços que disponibilizam para seus clientes.

Confira a seguir a diferença entre advocacia contenciosa e consultiva:

Advocacia contenciosa

Para definir o que é advocacia contenciosa, precisamos saber que o termo contencioso significa tudo que pode ser objeto para contestação, conflito de interesses ou alguma disputa.

No caso da advocacia contenciosa, a mesma resolve os conflitos de interesse do cliente, os quais são levados por meio de ações judiciais para Conselhos de Contribuintes, e Poder Judiciário.

Há diversos escritórios de advocacia que o advogado trabalha somente com processos de natureza contenciosa.

O processo judicial pode ser em qualquer área, desde que obedeça as diretrizes da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil).

Atuação da advocacia contenciosa

Um exemplo é o advogado de direito trabalhista, onde as reclamações do cliente referente a empresa em que exerce sua função são realizadas e o advogado monta a ata (documento processual) para entrar com processo.

A advocacia contenciosa também pode atuar em casos de ação bancária para revisão dos tributos cobrados de forma inadequada, já que pode acontecer de precisar de uma intervenção judicial.

São diversos os casos que um advogado no ramo contencioso pode atuar.

Advocacia Consultiva

A advocacia consultiva é quando pode aconselhar e resolver problemas sem a necessidade da intervenção judiciária. O objetivo da consultoria jurídica é evitar problemas maiores, prestando uma consultoria mensal que ajuda a acompanhar e evitar conflitos.

O Poder Judiciário do Brasil foi impedido de processar os casos que duram mais de 20 anos em processo, pois além da demora, os custos com as causas são enormes. Ou seja, é preciso saber como evitar um processo e resolver o conflito sem a intervenção da justiça, apenas com base nas leis de acordo com a área da consulta e OAB.

Por que é importante consultar um advogado?

Uma consulta com um advogado pode ajudar a evitar alguns problemas, já que você poderá agir de forma preventiva em relação a conflitos, além de ser algo mais simples para empresas resolver algo que está instalado e correndo risco de ser mais grave.

A consultoria jurídica é uma forma de facilitar aos empresários que desviem os empecilhos que podem prejudicar o seu negócio.

Um advogado que presta consultoria pode revisar os contratos e identificar os riscos de possíveis cláusulas abusivas, estruturar os negócios da empresa com segurança e fornecer orientações necessárias.

Outro fator importante é que o advogado ajuda a evitar a cobrança inapropriada de tributos, podendo solicitar o ressarcimento em casos de erros.

Resumindo, há diversas finalidades em que um advogado que presta consultoria pode ajudar, tanto para empresas, quanto para situações pessoais do indivíduo.