Devo esperar a Black Friday para comprar eletrônicos?

Se a Black Friday parecia um evento tímido quando chegou ao Brasil no início da década passada, hoje ela é responsável por grande parte da receita de vendas de varejo no país. A data promocional é conhecida principalmente de quem deseja adquirir produtos eletrônicos e para a casa com descontos que ultrapassam os 60%.

 

Mas muita gente se pergunta se realmente vale a pena esperar a Black Friday para adquirir esses produtos, visto que o preço de muitos deles acaba flutuando durante todo o ano, principalmente em épocas de novos lançamentos.

 

Este conteúdo irá te ajudar a avaliar quando vale a pena esperar pela Black Friday ou adquirir um produto eletrônico com ofertas padrão nas lojas.

Vantagens e desvantagens de comprar durante a Black Friday

As compras de fim de ano costumam movimentar o varejo e, com a popularidade cada vez maior da Black Friday, os lojistas investem pesado em descontos em diferentes categorias de produtos, preparando os estoques para os saldões de fim e começo de ano.

 

Quem já comprou algum produto durante a Black Friday e teve uma boa experiência com certeza recomenda a data para amigos e familiares. O grande ”segredo” de comprar na data é começar a monitorar os preços meses antes da semana de ofertas.

 

Produtos recém-lançados terão menores descontos do que produtos já presentes no mercado há algum tempo, principalmente se o estoque desse produto na loja for grande.

Compras pela internet

O período de fevereiro de 2020 até agora rendeu bons frutos para o e-commerce, que viu seus números de vendas saltarem exponencialmente mês a mês. Até mesmo os consumidores que não estavam habituados a comprar pela internet, incluindo sites e aplicativos, passaram a consumir preferencialmente ou exclusivamente pelos meios digitais.

 

Porém, quando falamos de compra de eletrônicos, em especial na Black Friday, é indicado redobrar a atenção. Muitas lojas acabam vendendo itens de mostruário, o que não prejudica a qualidade do funcionamento geral do produto, mas pode resultar em avarias como pequenos riscos, desbotamento de cor, entre outros.

Quais tipos de eletrônicos valem a pena na Black Friday

Antes de partir para as compras, é indicado que você monte uma lista com os eletrônicos desejados. Por exemplo, se você vai adquirir uma TV, saber exatamente qual o tamanho, resolução de tela, gama de cores e conectividade pode te ajudar a encontrar as melhores ofertas.

 

Isso porque os lojistas colocam em promoção não só produtos de marcas famosas, como produtos de marcas menores mas que competem diretamente no quesito qualidade. Sendo assim, sabendo exatamente das especificações do produto desejado, maiores são as chances de encontrar um produto mais barato.

 

As TVs e os smartphones continuam liderando a lista de eletrônicos mais vendidos na Black Friday, apresentando um crescimento de 356% em 2020 durante esse período (Criteo/2020).

Dicas para aproveitar a Black Friday da melhor forma

Se você está decidido a comprar aquele novo celular top de linha ou adquirir uma TV a mais para sua casa, fique de olho nessas dicas para não perder dinheiro nem ter dor de cabeça após a compra.

 

  • Atente-se a prazos de troca e tempo de garantia: como dito anteriormente, é muito comum que alguns produtos vendidos pelas lojas sejam de mostruário, e por isso, eles podem não possuir garantia de troca;
  • Produtos seminovos devem ser vistos pessoalmente: diversos marketplaces aceitam a venda de produtos seminovos, mas quando se trata de eletrônicos, a compra pela internet requer o triplo de atenção. Se possível, teste o aparelho pessoalmente para garantir excelente funcionamento e integridade física do mesmo;
  • Use extensões e aplicativos para monitorar preços: a internet facilitou diversos processos, e entre eles está o monitoramento de preços. Existem diversos grupos de Telegram ou extensões para navegador que te permitem cadastrar os produtos desejados e monitorar diariamente a variação de preço de cada um deles. Assim, você consegue saber com certeza se o preço oferecido na Black Friday realmente vale a pena ou não.