Veja como aprimorar a segurança do seu apartamento

Normalmente, apartamentos são mais seguros que casas, pois estão localizados em condomínios, que possuem câmeras de segurança, menos pontos de acesso e um serviço de portaria que conta com profissionais 24 horas.

 

Sem dúvidas, todos esses pontos se tornam diferenciais no momento da escolha de um imóvel novo para morar, independente de se tratar de uma residência própria ou alugada.

 

No entanto, isso não significa que esse tipo de moradia seja livre de riscos. Portanto, apesar de suas características vantajosas, alguns cuidados podem ser tomados para aumentar a segurança.

 

Por meio de ações simples, você consegue impedir ou minimizar as chances de que o seu apartamento seja invadido e a segurança da sua família seja colocada em risco. Veja, a seguir, dicas de como aumentar a proteção do seu apartamento.

Conscientização da família e dos demais moradores

A primeira atitude para aumentar a segurança do seu lar é ter um diálogo franco com a sua família. Se for possível, faça o mesmo com os demais moradores do condomínio. É importante destacar e repassar as regras de segurança do residencial, além de esclarecer quais atitudes podem ajudar a evitar problemas.

 

Explique aos seus filhos que, em nenhum momento, eles devem abrir a porta para estranhos ou autorizar a entrada de desconhecidos pelo interfone. Se for preciso, também converse com o síndico e solicite uma reunião de condomínio para discutir o tema.

Instalação de alarmes

Alarmes são imprescindíveis para condomínios que desejam oferecer segurança para os seus moradores. Além do aviso sonoro, muitos desses aparelhos possuem botões de pânico, que acionam a polícia em caso de emergências ou perigo.

 

Outra vantagem é o excelente custo-benefício e o fato de poderem ser instalados em locais pensados de forma estratégica ou, até mesmo, carregados no bolso. Portanto, se possível, invista em alarmes internos para o seu apartamento.

Exibição da proteção

Não basta somente instalar equipamentos de proteção, é necessário deixar bem claro que eles existem. Sugira a instalação de decalques ou sinais na fachada do condomínio, a fim de anunciar que o local conta com um sistema de segurança aprimorado. Embora pareça algo sem relevância, esses avisos desencorajam bandidos, que optam por alvos mais fáceis e com risco menor.

Investimento em interfone

O interfone é uma ferramenta bem comum em condomínios, porém poucas pessoas reconhecem a importância dele. Além de avisar sobre a chegada de visitas, ele permite que os moradores alertem os porteiros sobre prováveis condições de perigo dentro do prédio ou da própria unidade. Por esse motivo, é essencial contar com essa ferramenta e, de preferência, investir em um aparelho moderno, que possua visores.

Boas fechaduras

Se alguém tentar invadir sua residência, uma fechadura adequada pode ser o objeto que dificultará ou impedirá que isso ocorra. Não pense em economizar nesse item, então, procure investir sempre em marcas conhecidas e consolidadas no mercado.

Utilização de câmeras internas

As câmeras de monitoramento são muito comuns nos condomínios e ajudam a aumentar a segurança do seu apartamento. Existem variações que vão desde preços mais acessíveis até quantias bem elevadas, mas ter algum modelo, mesmo que seja simples, já ajuda a prevenir futuros problemas.

 

Normalmente, elas ficam localizadas em áreas estratégicas, como portaria de serviço, elevadores e garagem. Porém, nada impede que você instale câmeras internas em seu apartamento, a fim de reforçar a sua segurança individual.

Cuidado com a rotina

Por fim, tenha cuidado em relação à sua rotina e evite atrair assaltantes exibindo seus bens materiais. Além disso, se você mora em uma área perigosa, é bom fazer trajetos diferentes e sempre ficar atento a qualquer tipo de movimentação estranha antes de entrar no condomínio.